Morning Gallo #0102: mercados globais abrem última semana de junho em alta generalizada

19:53
 
שתפו
 

Manage episode 332694183 series 2874304
על ידי Filipe Teixeira (Instagram: @filipe_st) התגלה על ידי Player FM והקהילה שלנו - זכויות היוצרים שמורות למפרסם, לא ל-Player FM, והשמע מוזרם ישירות מהשרתים שלכם. הירשמו כדי לעקוב אחר עדכונים ב-Player FM, או הדביקו את כתובת העדכונים באפליקציות פודקאסט אחרות.

A última semana de junho começa de forma positiva para os mercados globais: as ações europeias avançam, seguindo as já encerradas bolsas asiáticas, mesma direção dos futuros em Wall Street, com os investidores avaliando o crescimento da inflação enquanto se perguntam se a recessão econômica ainda pode ser evitada.

Os materiais básicos lideraram os ganhos no Stoxx 600 da Europa, enquanto as ações de tecnologia chinesas foram destaque na Ásia, após as ações globais registrarem seu melhor desempenho no mês, justamente na semana que passou.

Os títulos da dívida americana cederam, empurrando a taxa do papel de 10 anos dos EUA para 3,16%. Os rendimentos recuaram em relação às altas de junho devido às preocupações com o crescimento, mas ainda não está claro em Nova York se as bolsas já atingiram o chamado “fundo do poço”

Os investidores estão analisando os indicadores recentes, para descobrir se a inflação mais alta de sua geração está perto de atingir o topo.

A presidente do Federal Reserve Bank de San Francisco, Mary Daly, disse na sexta-feira que é a favor de outro aumento de 75 pontos-base em julho. Enquanto isso, o presidente do Fed Bank de St. Louis, James Bullard, disse que os temores de uma recessão nos EUA são exagerados.

Da Europa, a notícia de que a Rússia deu calote em sua dívida soberana em moeda estrangeira pela primeira vez em um século, resultado de sanções ocidentais cada vez mais duras que fecharam as rotas de pagamento.

Os investidores estão atentos também à cúpula dos líderes do Grupo dos Sete, que planejam se comprometer com o apoio indefinido à Ucrânia em sua defesa contra a invasão da Rússia. Além disso, o G-7 está avaliando um teto de preço do petróleo russo. Além do petróleo, os EUA, Reino Unido, Japão e Canadá também planejam anunciar a proibição de novas importações de ouro da Rússia durante a cúpula do G-7, o que levou os preços do metal precioso para cima nesta manhã.
Por aqui, os riscos fiscais, políticos e institucionais seguem dominando o ambiente de negócios, com a recente crise no MEC chegando até o Palácio do Planalto, o que pode levar os investidores a uma postura mais defensiva em relação à bolsa brasileira.
Na Petrobras, o Conselho deve eleger hoje Caio Paes de Andrade para comandar a companhia. Uma matéria publicada pelo portal Metrópoles revelou que em uma discussão em um grupo de economistas, o ex-presidente da Petrobras Roberto Castello Branco afirmou que devolveu seu celular corporativo à estatal, ao deixar o comando da empresa, com material que, segundo ele, poderia incriminar o presidente Jair Bolsonaro (PL).
Castello Branco debatia com Rubem Novaes, ex-presidente do Banco do Brasil, sobre a elevação do preço dos combustíveis. Novaes então diz que o colega economista – primeiro presidente da Petrobras na gestão de Bolsonaro, indicado pelo ministro da Economia, Paulo Guedes – ataca a atual gestão do governo federal.

“Se eu quisesse atacar o Bolsonaro não foi e não é por falta de oportunidade (sic). Toda vez que ele produz uma crise, com perdas de bilhões de dólares para seus acionistas, sou insistentemente convidado pela mídia para dar minha opinião. Não aceito 90% deles [dos convites] e quando falo procuro evitar ataques”, retruca o ex-presidente da estatal.

A conversa ocorreu em troca de mensagens ao longo deste sábado (26/6).
“No meu celular corporativo tinha mensagens e áudios que poderiam incriminá-lo. Fiz questão de devolver intacto para a Petrobras”, concluiu Castello Branco, sem entrar em detalhes sobre quais crimes o presidente teria cometido e estariam registrados no aparelho.

Em outro trecho da discussão, Roberto Castello Branco classifica Bolsonaro como “psicopata” ao relatar uma teoria conspiratória que teria sido dita a ele pelo chefe do Executivo federal.

809 פרקים