Esportes - PSG conquista novo patamar no futebol europeu após eliminar Bayern e avançar para a semi na Liga dos Campeões

6:59
 
שתפו
 

Manage episode 290297805 series 1457909
על ידי France Médias Monde and RFI Brasil התגלה על ידי Player FM והקהילה שלנו - זכויות היוצרים שמורות למפרסם, לא ל-Player FM, והשמע מוזרם ישירות מהשרתים שלכם. הירשמו כדי לעקוב אחר עדכונים ב-Player FM, או הדביקו את כתובת העדכונים באפליקציות פודקאסט אחרות.
Sensacional, histórico, impressionante. Não faltaram elogios na imprensa francesa, entre dirigentes e torcedores para exaltar o feito inédito do Paris Saint-Germain (PSG), que ao eliminar o Bayern de Munique, também conquistou mais do que uma vaga na semifinal da competição : o status de um dos grandes clubes da Europa. A conquista foi suada, dolorida e com suspense até os últimos minutos no jogo no Parc des Princes da última quarta-feira (14). O PSG perdeu por 1 a 0 para o clube alemão, mas com o resultado do primeiro jogo, a surpreendente vitória do PSG por 3 a 2 na Allianz Arena de Munique, na semana passada, a vaga ficou com o time francês pelo saldo de gols marcados fora. A classificação foi também um feito inédito porque o PSG se tornou o primeiro clube francês a avançar para a semifinal da Liga dos Campeões em duas temporadas consecutivas. E com o sabor de vingança. Primeiro eliminou o Barcelona nas oitavas, o carrasco catalão que impôs um dos maiores vexames da história do clube em gramados europeus. Na sequência, encarou e eliminou os atuais campeões. Na final do ano passado, os bávaros do Bayern venceram e privaram o PSG de seu primeiro troféu da Liga dos Campeões. PSG no Top 4 A classificação à semifinal em grande estilo acendeu o debate sobre o lugar atual do time no cenário europeu. No programa Radio Foot Internationale da RFI, animado por Annie Gasnier, especialistas concordaram que o clube francês atingiu um novo patamar no futebol da Europa. Para o consultor Cheriff Ghemour, desde o ano passado o PSG está entre os quatro melhores do continente. "Após a final de agosto passado, estimei que o Paris tinha entrado no Top 4 europeu, o que é fantástico. Porque é muito difícil entrar nesse Top 4 para uma equipe como o PSG. Eles estavam no topo nos anos 1990, mas caíram, principalmente nos anos 2000", lembrou. Ghemour estabeleceu um paralelo com o inglês Chelsea, que precisou de cerca de 10 anos para chegar ao topo do futebol europeu. "Agora, com toda certeza o PSG confirmou que está no Top 4 da Europa. E isso não é pouco. Foi preciso conquistar esse lugar. E a partir de agora, todas as sonhos são permitidos, eles podem ir mais longe. Não sei o que os espera, mas o que já fizeram já é formidável", afirmou. Para o jornalista esportivo Salim Baungally, é preciso valorizar o feito inédito do time parisiense, mas comparado com o histórico de outros grandes clubes europeus, como Real Madrid, Juventus de Turim e o próprio Bayernn, que já conquistaram diversas vezes o título de campeões da Europa, o PSG ainda tem um longo caminho a percorrer para se manter no topo. "Quando você tem uma equipe que consegue duas vezes consecutivas chegar à semifinal e na temporada passada na final, você começa a dizer : agora sim, é uma equipe que impõe um certo nível, chega pelo menos às quartas de final e até mais longe. Eu não chegaria a colocar essa equipe no Top 4, mas pelo menos está, aos poucos, perto dessa posição", diz. Segundo ele, atualmente não se pode dizer que o Barcelona e o Manchester United são superiores aos PSG em referência ao nível de futebol. No entanto, falta ao clube francês o peso de outros times vistos como grandes instituições do futebol e com grandes nomes e ídolos. "Espero mais regularidade e que o clube finalmente conquiste esse troféu da Liga dos Campeões", acrescenta. Desde que o Catar assumiu o PSG em 2011, seus dirigentes nunca esconderam a maior ambição do clube : conquistar a Liga dos Campeões da Europa. Para o consultor Philippe Doucet, há vários anos o clube francês está na lista dos times milionários da Europa, e agora finalmente provou que está também entre os melhores nos gramados. "Há vários anos o PSG faz parte dos 10 maiores orçamentos da Europa, mas eles não eram respeitados. Tinha a imagem de ‘novo rico’, sem muito futebol e que não avançava nas etapas importantes das competições. Hoje eles já chegaram a fases que antes não conseguiam. Vale lembrar que no ano passado foram à final, mas muitos não se convenceram porque era uma competição marcada pela Covid. Para mim, ir duas vezes consecutivas à semifinal já é mais importante do que ganhar um troféu e isso é uma prova de que é um clube que está entre os maiores", justifica. Neymar mostrou ser essencial ao time e deve ficar Eleito melhor jogador em campo contra o Bayern na partida que selou a classificação, Neymar estampou manchetes de vários jornais e recebeu elogios entusiasmados dos especialistas que acompanham o PSG. Apesar de grandes oportunidades, não marcou gols, tocou três vezes a trave de Manuel Neuer, mas suas atuações nos dois jogos contra o time alemão foram consideradas de altíssimo nível e fundamentais para a classificação do Paris Saint-Germain. O atacante brasileiro, autor de dois passes decisivos nos confrontos contra o Bayern, apagou por um momento a imagem de um jogador que desfalcou o time parisiense em momentos decisivos, como nas derrotas e eliminações de várias temporadas passadas. Em um gráfico, o jornal francês L’Équipe mostrou que Neymar correu por quase todos os cantos do gramados, atacando com perigo e realizando um importante trabalho defensivo, que o fez realizar um jogo quase perfeito, segundo o diário esportivo. "Ele já ficou lesionado em jogos essenciais. Mas o talento bruto, excepcional desse jogador já vimos anteriormente no PSG. Não de maneira tão deslumbrante, porque não havia jogos com o mesmo brilho desses dois jogos que vimos contra o Bayern. Ele foi genial tanto no segundo quanto no primeiro jogo", ressalta Philippe Doucet sobre a atuação do brasileiro. Neymar mantém ainda o brilho de maior estrela do PSG, apesar da ascensão cada vez mais fulgurante do jovem Mbappé, decisivo e autor de gols contra o Barcelona e o Bayern. Enquanto o atacante francês cultiva o mistério sobre seu futuro como time parisiense Neymar não esconde mais sua preferência. Questionado em entrevista ao canal TNT Brasil ao final da partida sobre renovar ou não seu contrato com o PSG, o brasileiro buscou tranquilizar a direção e torcedores: "Isso já não é mais assunto. É óbvio que me sinto muito à vontade e muito em casa aqui no Paris Saint-Germain. Me sinto mais feliz do que estava antes", disse. Pelo menos por enquanto, o foco de Neymar parece estar mesmo na conquista da Liga dos Campeões. Para isso, precisa ajudar o time a passar por outro carrasco do PSG o Manchester City, que eliminou o time francês na quartas de final em 2016. O primeiro jogo será em Paris, no dia 28 de abril, e o de volta ena Inglaterra em 4 de maio.

188 פרקים