Artwork

תוכן מסופק על ידי Vozes do Planeta Podcast. כל תוכן הפודקאסטים כולל פרקים, גרפיקה ותיאורי פודקאסטים מועלים ומסופקים ישירות על ידי Vozes do Planeta Podcast או שותף פלטפורמת הפודקאסט שלהם. אם אתה מאמין שמישהו משתמש ביצירה שלך המוגנת בזכויות יוצרים ללא רשותך, אתה יכול לעקוב אחר התהליך המתואר כאן https://he.player.fm/legal.
Player FM - אפליקציית פודקאסט
התחל במצב לא מקוון עם האפליקציה Player FM !

238 - Culpem o desmatamento - entrevista com Antonio Nobre

54:05
 
שתפו
 

Manage episode 419510885 series 2790134
תוכן מסופק על ידי Vozes do Planeta Podcast. כל תוכן הפודקאסטים כולל פרקים, גרפיקה ותיאורי פודקאסטים מועלים ומסופקים ישירות על ידי Vozes do Planeta Podcast או שותף פלטפורמת הפודקאסט שלהם. אם אתה מאמין שמישהו משתמש ביצירה שלך המוגנת בזכויות יוצרים ללא רשותך, אתה יכול לעקוב אחר התהליך המתואר כאן https://he.player.fm/legal.

A relação de cinquenta anos contínuos de desmatamento no Brasil com os eventos climáticos extremos é uma narrativa que o pesquisador e cientista Antonio Nobre nos traz neste episódio especial.

Além de uma explicação bem didática de como os rios voadores e o impacto no seu fluxo alteram e criam bolhas climáticas no país, o pesquisador alerta para a criação de desertos onde antes existia floresta.

Mas principalmente este é um episodio para compreender o poder de resfriamento e regulação climática da floresta em pé. E de alerta para conservar o que ainda resta. O Vozes do Planeta tema a honra de mais uma vez ecoar a voz deste importante cientista

“Quando tínhamos um sistema funcionando como estava funcionando anteriormente, porque tínhamos um berço esplêndido no Brasil, existiam os rios voadores fluindo da Amazônia e chegando no centro-oeste do país, no Pantanal, no sudeste, no sul do Brasil, e no norte da Argentina de uma maneira distribuída. E existiam as frentes frias subindo do sul do continente, um processo bem conhecido, encontrando essas massas de ar úmido e ajudando a formar as nuvens e a condensação e a chuva. Só que isso distribuído ao longo de todas essas regiões. Então tinha precipitação benigna saudável. Com o advento do desmatamento associado às mudanças climáticas, associado ao aquecimento dos oceanos, associado a uma alteração de escala planetária que faz com que ocorra uma mudança da circulação em relação aos oceanos e aos continentes, tem um ar seco que desce em cima da Terra e ele é o que mantém essa bolha de ar quente presa. As ondas de calor no Brasil são aprisionadas por esse movimento descendente e que é tem conexão com aquecimento dos oceanos e aquecimento planetário.”

“A floresta amazônica nesse período de 50 milhões de anos enfrentou todo tipo de cataclismo. Ela tem uma capacidade natural intrínseca, como a Mata Atlântica tinha, como as todos os ecossistemas nativos tinham, de lidar com as mudanças climáticas de uma maneira que não fosse catastrófica. Agora a floresta amazônica não sabe lidar com motosserra, com o correntão, com tratores de 40 toneladas cada um arrastando e destruindo 20 hectares de floresta por hora. Ela não sabe lidar com isso.”

#VozesdoPlaneta #Amazonia #criseclimatica #AntonioNobre

  continue reading

250 פרקים

Artwork
iconשתפו
 
Manage episode 419510885 series 2790134
תוכן מסופק על ידי Vozes do Planeta Podcast. כל תוכן הפודקאסטים כולל פרקים, גרפיקה ותיאורי פודקאסטים מועלים ומסופקים ישירות על ידי Vozes do Planeta Podcast או שותף פלטפורמת הפודקאסט שלהם. אם אתה מאמין שמישהו משתמש ביצירה שלך המוגנת בזכויות יוצרים ללא רשותך, אתה יכול לעקוב אחר התהליך המתואר כאן https://he.player.fm/legal.

A relação de cinquenta anos contínuos de desmatamento no Brasil com os eventos climáticos extremos é uma narrativa que o pesquisador e cientista Antonio Nobre nos traz neste episódio especial.

Além de uma explicação bem didática de como os rios voadores e o impacto no seu fluxo alteram e criam bolhas climáticas no país, o pesquisador alerta para a criação de desertos onde antes existia floresta.

Mas principalmente este é um episodio para compreender o poder de resfriamento e regulação climática da floresta em pé. E de alerta para conservar o que ainda resta. O Vozes do Planeta tema a honra de mais uma vez ecoar a voz deste importante cientista

“Quando tínhamos um sistema funcionando como estava funcionando anteriormente, porque tínhamos um berço esplêndido no Brasil, existiam os rios voadores fluindo da Amazônia e chegando no centro-oeste do país, no Pantanal, no sudeste, no sul do Brasil, e no norte da Argentina de uma maneira distribuída. E existiam as frentes frias subindo do sul do continente, um processo bem conhecido, encontrando essas massas de ar úmido e ajudando a formar as nuvens e a condensação e a chuva. Só que isso distribuído ao longo de todas essas regiões. Então tinha precipitação benigna saudável. Com o advento do desmatamento associado às mudanças climáticas, associado ao aquecimento dos oceanos, associado a uma alteração de escala planetária que faz com que ocorra uma mudança da circulação em relação aos oceanos e aos continentes, tem um ar seco que desce em cima da Terra e ele é o que mantém essa bolha de ar quente presa. As ondas de calor no Brasil são aprisionadas por esse movimento descendente e que é tem conexão com aquecimento dos oceanos e aquecimento planetário.”

“A floresta amazônica nesse período de 50 milhões de anos enfrentou todo tipo de cataclismo. Ela tem uma capacidade natural intrínseca, como a Mata Atlântica tinha, como as todos os ecossistemas nativos tinham, de lidar com as mudanças climáticas de uma maneira que não fosse catastrófica. Agora a floresta amazônica não sabe lidar com motosserra, com o correntão, com tratores de 40 toneladas cada um arrastando e destruindo 20 hectares de floresta por hora. Ela não sabe lidar com isso.”

#VozesdoPlaneta #Amazonia #criseclimatica #AntonioNobre

  continue reading

250 פרקים

Semua episode

×
 
Loading …

ברוכים הבאים אל Player FM!

Player FM סורק את האינטרנט עבור פודקאסטים באיכות גבוהה בשבילכם כדי שתהנו מהם כרגע. זה יישום הפודקאסט הטוב ביותר והוא עובד על אנדרואיד, iPhone ואינטרנט. הירשמו לסנכרון מנויים במכשירים שונים.

 

מדריך עזר מהיר